segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Suicidas Ilustres (23): a Vidente Maria das Dores



Muito competente em seu ofício, a vidente portuguesa Maria das Dores do Socorro, surpreendeu-se ao jogar seus búzios na última semana, prevendo assim sua própria morte. Passou a ser vista cabisbaixa, perambulando pelas sombras, lamentando-se que teria apenas uma semana de vida. Tão transtornada ficou, que num momento de desespero acabou se atirando de uma ponte, fazendo com que sua previsão se concretizasse em cheio. Ficou com tanto medo de morrer, que acabou se matando antes que morresse.

5 comentários:

  1. Dr.Mauricio,mas precisa ser vidente para prever a própria morte? A minha está prevista desde a concepção.Só o que fazemos é tentar adiar ao máximo,contrariando a competente vidente.

    ResponderExcluir
  2. Eu acredito que é muito útil o serviço de videntes que fazem a previsão da morte, pois, existem pessoas que pensam que são eternas, como aquelas que dizem: "Fulano tem aids, vai morrer, coitado, ainda bem que não tenho nada"; ou seja, essas pensam que são eternas...

    ResponderExcluir
  3. A morte de tudo que é vivo esta previsto, o diferencial é saber quando. A vidente previu o quando para si própria. É a tal da profecia auto-realizável, mesmo com algum sacrifício.
    Estes suicidas são sempre interessantes, não Dr. Maurício?
    Zito.

    ResponderExcluir
  4. Mais engraçado é o povo que acredita...

    ResponderExcluir